• Ana Poli

Uma Toxina Presente no Amendoim Pode Estar Causando sua Acne

Há alguns anos eu ouvi falar que o amendoim poderia ser um dos vilões da alimentação no quesito acne. Na época, eu imaginei que era por causa da quantidade de gorduras (o que não é um pensamento de todo equivocado) ou pela presença excessiva de açúcar em vários produtos do amendoim (pasta de amendoim, paçoca, doces com amendoim, etc).


Depois de um tempo, acabei descobrindo que na verdade um dos maiores problemas do amendoim é que ele é um dos produtos mais contaminados por aflatoxinas! As aflatoxinas são micotoxinas liberadas por fungos, que se proliferam durante a produção e o armazenamento do amendoim, antes mesmo dele chegar no consumidor final.


O que a aflatoxina pode causar no nosso organismo?


Uma intoxicação por aflatoxina ocorre lentamente e de maneira acumulativa. Pode levar ao desenvolvimento da síndrome fúngica ou disbiose do intestino - problemas quais já sabemos bem que estão relacionados com o surgimento da acne na pele.


É possível evitar a contaminação do amendoim, ou destruir a aflatoxina antes de consumir?


Como a contaminação se dá durante o processo de produção e armazenamento do amendoim, é praticamente impossível controlar! Além disso, um grão com fungo já é o suficiente para contaminar todo um lote.


Como consumidores, a única medida possível de evitar a contaminação por aflatoxinas é reduzir o consumo de amendoim, já que não é possível eliminar essa toxina fervendo, tostando ou cozinhando o amendoim de nenhuma maneira.


Selo Pró Amendoim


No Brasil, existe uma entidade que avalia e certifica a qualidade do amendoim produzido no Brasil. Porém, é importante entender que o "Brasil permite a presença de até 30 ppb (partículas por bilhão) para o somatório das aflatoxinas dos tipos B1 e G1 encontradas em alimentos prontos para consumo (Resolução nº 34, de 19 de janeiro de 1977, da Comissão Nacional de Normas e Padrões para Alimentos)." Já na Europa, esse número cai para 4 pbb. (fonte)



Posts Relacionados

Ver tudo