• Ana Poli

Sinais de a barreira protetora da sua pele está machucada - e como recuperá-la

Não dá pra falar sobre skincare sem falar sobre a barreira protetora da pele


E, muitas vezes, o próprio skincare é o vilão que machuca, agride e danifica a barreira protetora da sua pele. Se sua pele passou a ter espinhas, fica vermelha, inflamada e sensível desde que começou a usar um ativo para acne ou um produto que contenha ácido, esse pode ser o seu problema!


O estrato córneo - o que é a barreira protetora da pele


O estrato córneo - a camada mais exterior da pele, ou mais conhecida como "barreira protetora", é o que literalmente protege a sua pele do meio externo e fatores que não podemos controlar: sol, umidade, poluição, microorganismos, etc.


Quando a barreira protetora da pele é danificada, nossa pele fica mais sensibilizada e mais propensa a sofrer com diversos problemas: queimaduras, inflamação, acne, cicatrizes e manchas mais profundas e aparentes. Algumas coisas que fazemos no dia a dia podem danificar nossa barreira: lavar o rosto muitas vezes por dia, uso excessivo de ácidos e ativos para a pele, não usar filtro solar, falta de hidratação e até a nossa alimentação e estilo de vida.


Sinais de que a barreira protetora da sua pele está machucada


Quando esfoliamos, lavamos ou usamos produtos em excesso na nossa pele, ela pode começar a apresentar alguns sinais de que é hora de fazer uma pausa! É muito fácil confundir a inflamação de uma barreira comprometida com a inflamação da acne, por isso é muito comum que pessoas com acne acabem machucando a barreira protetora da pele por conta do skincare excessivo.


Os sinais de que a barreira protetora da sua pele está danificada são:
  • pele muito reativa, sensibilizada por qualquer cosmético, por mais inofensivo que pareça;

  • coceira;

  • descamação da pele;

  • espinhas muito inflamadas;

  • brotes de espinhas que parecem nunca melhorar;

  • hiperpigmentação em excesso (manchas profundas que nunca melhoram);

  • cicatrizes mais profundas (a pele tem dificuldade em se recuperar);

  • pele com aspecto sem vida.

O que pode causar todos esses problemas para a barreira protetora da pele?


Hoje em dia, um dos motivos mais comuns pelo qual a barreira protetora da nossa pele fica danificada é o excesso no uso de produtos de skincare! São muitas opções com ativos e ácidos diferentes, e a falta de informação e a vontade de consumir diversos produtos diferentes podem trazer grandes problemas para a nossa pele.


Outros fatores também influenciam na saúde da camada mais externa da nossa pele, como:
  • poluição;

  • exposição ao sol sem proteção adequada;

  • clima (vento, frio, umidade);

  • fumaça de cigarro;

  • alimentação pouco nutritiva;

  • stress e falta de sono adequado.

Como recuperar a saúde da barreira protetora da pele?


Diminua drasticamente a quantidade de produtos que você usa.

O primeiro e mais importante passo é diminuir a quantidade de produtos na sua rotina de skincare para o mínimo, utilizando produtos que sejam gentis com a pele e ajudem a barreira protetora a se recuperar. Entender não só o como, mas o porquê de estar usando um determinado produto ou ativo para a pele é muito importante. Muitas vezes, o problema reside exatamente no uso excessivo de ácidos esfoliantes que agridem a barreira protetora da pele.


Use um sabonete ou gel de limpeza para peles sensíveis.

Mesmo que sua pele seja oleosa, você não precisa utilizar um gel de limpeza "para peles oleosas". Esse tipo geralmente vem acompanhado de algum ácido ou ativo que ajuda a retirar a oleosidade da pele. O problema é que além da oleosidade, ele acaba retirando outros componentes importantes para a saúde da barreira protetora da nossa pele. Prefira um sabonete gentil, sem ácidos esfoliantes e lave o rosto no máximo duas vezes ao dia.


Procure produtos com ingredientes que ajudem a manter a barreira protetora da pele saudável.

Ingredientes como ceramidas, ácido hialurônico, glicerina e petrolato ajudam a manter a barreira protetora da pele saudável. Procure utilizar produtos que colaboram com a hidratação da pele, e diminuir o uso de ácidos e ativos que fazem parte do tratamento da acne.


Não se esqueça de cuidar do resto do seu corpo.

Você conhece os gatilhos da sua acne? Preste atenção em outros sinais do seu corpo para descobrir a origem da sua acne e tratar diretamente esse gatilho. O skincare é apenas uma das maneiras de cuidar da acne - o tratamento deve ser holístico e individual.